Criação de Canários para principiantes

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Botão em Curso Criação de Canários para principiantes

Mensagem por UNIVERSO DOS CANÁRIOS em Qui 04 Jul 2013, 22:08

Criação de Canários para principiantes

Muitas pessoas, ao visitarem exposições, se entusiasmam com a beleza, o colorido e o cantar maravilhoso dos canários, sentindo, desde logo, um desejo muito grande de se transformarem em autênticos canaricultores Entretanto, uns talvez pelo acanhamento de colher informações seguras sobre tal arte não se dispõe a levar avante esse desejo, outros, mais decididos, adquirem desordenadamente as aves para a formação dos casais, sem a mínima noção do que estão fazendo O resultado, na grande maioria das vezes é desastroso e o novo criador, diante do insucesso, acaba desistindo.

Por essa razão recomendamos a todos aqueles que desejarem se iniciar nessa lida, seja como simples passatempo ou, com fins lucrativos para o futuro, que ingressem em uma Sociedade de Canaricultores e procure entre os criadores mais experimentados, obter deles todas as informações para conduzir racionalmente um criadouro.

Para que o novo canaricultor tenha consciência do que esta fazendo e não incida nos mesmos erros cometidos pela grande maioria de primeira viajem que fracassaram, tomamos a liberdade de, sem nenhuma outra intensão senão a de ajudá-los, oferecer-lhes algumas informações que, embora rudimentares, julgamos básicas e indispensáveis a todo o principiante..­


Instalação do Criadouro

O ideal seria ter u, quintal um pequeno quarto, bem arejado, claro e de preferência com frente voltada para o nascente para que possa ser banhado pelo sol da manhã. Suas janelas e porta devem ser protegidas por tela, para evitar moscas e pernilongos, inimigo mortais do canário. As gaiolas que irão receber os casais devem ser colocadas de maneira a não receber correntes de ar direta e ao mesmo tempo oferecer fácil manuseio O cria­douro deve ter um ambiente sossegado e a higiene, tanto no criadouro como nas gaiolas é fundamental -


Gaiolas Criadeiras

As gaiolas criadeiras devem ser, de preferência, feitas de metal e espaçosas. As gaiolas de madeira são de mais difícil limpeza e as junções da madeira constituem excelente ambiente para focos de praqas e molestias. Urna gaiola 65x28x 30 cm oferece boas condições para criação. Os ninhos, feitos de estopa, devem ter dimensões proporcionais ao canárío que se deseja criar. Pa­ra os canários comuns ele deve ter a forma côncava e não deve ultrapassar aos 10 cm de diâmetro e 5 cm de profundidade.

Tanto as gaiolas, como os ninhos são facilmente encontrados no mercado.


Escolha dos Pássaros

Este é um assunto que re­quer algum conhecimento. Co­mo seria longo demais para ser comentado em todos os seus detalhes recomendamos ao néo-críador que procure adquirir seus pássaros com o auxílio de um criador mais experimentado, ouvindo sempre a sua opinião a respeito visto que, além de outras inúmeras condições que as aves reprodutoras devem possuir há o fato do acasalamento perfeito, no que tange a sua linha cor e porte Todavia, um fator muito importante é que todo canário, tanto macho como fêmea, deve gozar de perfeita saúde.


Acasalamento dos Pássaros

A época para o acasalamento varia, de acordo com o clima de cada região. Em nosso país, via de regra, vai de ju­lho a dezembro. Entretanto há fêmeas que “aprontam antas desse período, outras demo­ram mais.

Ë muito fácil de reconhecer quando a fêmea está “pronta” para o acasalamento. Ela se mostra irriquieta dentro da gaiola, saltitando de poleiro para poleiro, batend0 as asas, dando a impressão que quer se libertar. Ë costume entre alguns criadores assoprarem na região anal da fêmea para se saber se ela já está em condições de ser acasalada. A fêmea em condições apresenta a sua região ventral bastante dilatada

O macho, por sua vez, deverá estar “fogoso’ e a simples presença de sua futura companheira, torna-o indócil, com as penas da cabeça eriçada e canta estridentemente avançando em sua direção”.


O Choco

Uma vez acasalado a fêmea busca o ninho onde, com seu corpo, procura amoldá-lo e amaciá-lo para ali colocar os seus ovos. E comum entre os canarícultores colocar na gaiola fiapos de estopa para que a fêmea revista o seu ninho. Os fiapos, entretanto, não deverão ter mais do que 4 cm de com­primento, para que possam ser facilmente carregados pala fêmea. não embaracem em seus pés e não ofereçam perigo de serem arrastados quando a ave deixar o ninho Alguns dias após o acasala­ mento, geralmente três dias após estar com o ninho pronto, a fêmea põe o primeiro ovo, que deve ser cuidadosamente retirado, guardado em uma ca­xinha com alpiste e em segurança e, ser colocado no ninho, em seu lugar um ovo index. Nos dias que se sucedem a postura do primeiro ovo a fê­mea continua botando. Uma boa criadeira chega a colocar seis ovos, um por dia. A postura da entre às 6,00 e 7,00 hs.

Quando a fêmea tiver colocado o último ovo, o que é fácil de se saber, por se tratar de um ovo menor e de casca mais azulada que os demais, retira-se ovo index e coloca-se no ninho os demais que estavam guardados na caixinha com alpiste e que foram vira­dos todos os dias para não se­pararem os seus líquidos e tornarem inférteis. Feito isso co­meça o choco, que dura de 13 a 14 dias. Durante estes dias e mesmo nos primeiros dias de vida dos filhotes não é aconselhável tirar a gaiola do lugar.

Os filhotes deverão ser aniIhados depois do 5 ao 7 dia de vida: com 20 dias mais ou menos eles abandonam o ninho e entre os 25 aos 30 dias começam a comer sozinhos, ocasião em que deverão ser separados dos pais.

Alimentação dos Pássaros

Os canários, em qualquer etapa de suas vidas deverão ter sempre a disposição comi­da farta e água fresca e limpa, Como aves essencíalmente graníferas, nunca poderão faltar no comedouro: alpiste, aveia, colza, niger e linhaça. As verduras, principalmente o aimeirão, também são indispensáveis. Estas deverão ser bem lavadas.

Durante o período de alimentação dos filhotes os canários preferem os alimentos macios:

ovo cozido (só a gema) passado na peneira, pão amanheci­do. embebido no leite constituem bons alimentos, principalmente nos primeiros dias de vida das crias ­Uma boa ração como complemento para os canários na época da cria pode ser constituida de: germe de trigo, neston, farinha de rosca, multivitaminico e ovo de soja em proporções adequada. Essa mistura se­rá, posteriormente enriquecida com gema de ovo passada na peneira e bem homogenizada com a farinha.
avatar
UNIVERSO DOS CANÁRIOS
FUNDADOR
FUNDADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 147
Pontos : 360
Idade : 4
CLUBE : FOB
CIDADE/CITY : BRASIL
ESTADO/PROVÍNCIA : BRASIL

Ver perfil do usuário http://www.universodoscanarios.forumeiros.com https://www.facebook.com/universodoscanarios1 https://twitter.com/UDOSCANARIOS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum