FIFE FANCY. COMO PREPARA-LOS PARA OS CONCURSOS.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Botão em Curso FIFE FANCY. COMO PREPARA-LOS PARA OS CONCURSOS.

Mensagem por MARTÍN em Ter 08 Maio 2018, 21:33


Texto Max Revoredo



Antes de mais nada queria deixar registrado que esse artigo se deve ao pedido que alguns amigos criadores me fizeram para descrever como se deve preparar um Fife para um concurso, pedido feito, repetido e insistido principalmente pelo amigo Gustavo Dias de Itatiba.

Outra coisa que queria deixar registrado é que não sou nenhum experiente criador da raça para concurso, logo acho que outros amigos tais como o Ricardo Jorge, o Saulo Sousa e Vagner Martin, poderiam falar de forma mais embasada sobre esse assunto, porem não costumo fugir dos desafios, e como sou um curioso e um observador da raça busco entender cada vez mais a raça e também através de conversas com criadores mais experientes tento pinçar técnicas de como ser mais eficiente como criador e como competidor e não me nego de maneira nenhuma a passar o que aprendo para aqueles que assim como eu, desejam aprender mais e mais sobre o maravilhoso mundo dos canários de porte, principalmente sobre os Fife Fancys.

O criador que consegue obter bons resultados em concurso além de investir na compra de boas matrizes, além de precisar entender as técnicas de acasalamento, além de ser cuidadoso e zeloso no manejo diário de suas aves, precisa aprender a preparar suas aves para os concursos, nenhum desses itens isoladamente fara o criador obter sucesso, mas somente uma harmonia na implantação de todos eles é que possibilitara o criador vir a se tornar um campeão nos concursos.

Temos que ter em mente que qualquer concurso de ave, é igual a qualquer concurso de beleza, portanto, a ave tem que está impecavelmente bela, portanto por mais que a ave tenha essa beleza intrínseca na sua genética, nós criadores podemos dar uma mãozinha para que elas fiquem ainda melhores, claro que tudo de forma legal, sem usar de subterfúgios ilegais que venham a mascarar alguma imperfeição da ave e sim ressaltar suas qualidades dentro do que é permitido nos julgamentos.

Outro ponto importante de ser falado, é no que se refere ao conhecimento apurado do criador sobre a raça que cria, pois ele só poderá vir a destacar as qualidades de sua ave, se o mesmo souber valorizar o que precisa ser valorizado e para isso o conhecimento sobre o padrão da raça, sobre as rubricas exigidas no manual de julgamento é mais que fundamental.
No que diz respeito aos Fifes vário pontos devemos ser rigorosos, por isso vamos topificar e descrever um a um.

INDIVIDUALIZAÇÃO – Seja qual for a raça ou cor que você crie, um dos maiores cuidados que o criador deve ter é o de perceber o mais cedo possível os potenciais canários que podem vir a disputar concurso e os individualiza-los o mais rápido possível, isso diminui bastante a possibilidade de que a ave venha a perder penas importantes, evita que ela brigue e se machuque desnecessariamente, contribui para que ela se alimente melhor e mais ainda, serve como treinamento para ave se acostumar a se portar de forma mais dócil na gaiola menor, possibilitando assim que a mesma possa mostrar na mesa de julgamento todo seu potencial, se apresentando na sua melhor forma, com posição correta, se sentindo a vontade na hora do julgamento. No caso dos Fifes há ainda um agravante, como os Fifes são aves sexualmente bem prematuras, atingem seu amadurecimento sexual bem cedo, estas começam a se debicar no intuito de puxarem penas das outras aves para se aninhar.

TAMANHO – Um dos pontos mais importantes do julgamento dos Fifes é o seu tamanho, nesse quesito uma coisa que deve ser observada pelo criador é que muito provavelmente este deva optar por selecionar para concursos apenas fêmeas, pois inevitavelmente elas terão não só o tamanho menor, como também terão cabeças menores se aproximando mais do padrão ideal da raça, bem como os machos na época dos concursos estão fogosos, dentro do cio e isso faz com eles afinem perdendo a forma ideal arredondada principalmente se na hora de irem a mesa tiver do seu lado uma femea. Outro ponto que a ajuda a dar uma reduzida no tamanho é caso a ave esteja com todas as penas do seu rabo completa, o criador pode retirar as 2 penas maiores que ficam nas extremidades do rabo, tirando uma de cada lado, isso reduz de meio a 1 cm no tamanho percebido da ave. É importante lembrar que ave tem 12 penas no rabo, e precisa estar com no mínimo 8 penas completas na mesa, portanto antes de fazer esse procedimento é importante saber se quando você tirar as 2 penas a ave continuara com o mínimo de pena exigida na cauda, outro dica é fazer isso instantes antes de colocar a ave na gaiola de concurso para evitar que a mesma venha a perder mais alguma pena.

PÉS – Outro ponto que exige muito cuidado do criador é no que diz respeito ao cuidado com os pés das aves, por incrível que isso possa parecer, esse ponto talvez seja o que mais impossibilita boas aves de virem a competir num concurso, pois a perda de uma unha, uma inflamação no dedo, um fungo ou mesmo uma unha mal cortada ou quebrada faz com que a ave seja imediatamente desclassificada. Por isso alguns cuidados podem e devem serem tomados, como individualizar o mais cedo possível a ave, dar banhos constantes na mesma, sempre estar observando os pés das aves, ao primeiro sinal de inflamação tratar, sempre manter as unhas cortadas isso evita que a mesma as enganche na gaiola e venha perder ou quebra-las, um mês antes dos concursos fazer uma lavagem nos pés das aves com vinagre de maçã e uma leve esfoliação com óleo de coco.

FORMA – O padrão da raça Fife Fancy exige uma forma arredondada vista de todos os ângulos, logico que essa forma deve ser conseguida através da qualidade genética das aves, porem o criador pode vir a dar uma mãozinha para melhorar ainda mais seus pássaros, uma é como falamos anteriormente evitar de enviar para competir em concursos aves do sexo masculino pois estas tendem a ficarem bastante fogosas e isso os faz afinar o corpo, a outra é deixar as aves que vão competir em confino, separadas e com bastante alimentação afim de que as mesmas fiquem bem gordinhas, porém tem que se ter cuidado para a mesma não engordar muito e ficar com a forma passada, para isso o conhecimento do padrão da raça e olho do criador é fundamental para analisar a estética da ave e controlar a sua dieta, uma boa forma de fazer a ave engordar mais facilmente é fornecer em comedouro separado aveia um mes antes dos concursos.

PLUMAGEM – A plumagem de uma ave que pretende vir a ser campeã deve está impecável, em si tratando de Fife as vezes uma pontuação um pouco maior ou mesmo a colocação da ave no resultado final é definido nos mínimos detalhes, portanto uma plumagem limpa e brilhante, sem pena fora do lugar ajudar muito nisso, o acerto nos acasalamentos é fundamental para se chegar nesse padrão desejado, mas cuidados e bastante banho perto do período dos concursos ajudam muito, a individualização o mais cedo possível ajuda muito, bem como o uso de algumas gostas de vinagre de maçã nos banhos das aves garantem uma plumagem limpa, brilhosa e bem aderente.

RABO –  O rabo no Fife deve ser curtinho e fininho, em forma de piteira, rabos abertos nessa raça são bastante penalizáveis, um dia para arrumar rabos que estão abertos, é ferver água e mergulhar o rabo da ave na mesma, bastante cuidado para não queimar a ave, logo após mergulhado com a ajuda de uma escovinha de dentes macia, apoia o rabo em uma superfície plana e escova o mesmo direcionando as penas na posição correta.

POSIÇÃO – A posição também é importante item que deve se ter atenção, e também como todos os outros muito se deve a própria genética da ave, porém e novamente uma individualização precoce da ave e um cuidado com a posição correta dos poleiros podem minimizar vícios errados de posição, nunca se deve colocar os poleiros alto demais na gaiola, o fife tem que ficar alto de forma elegante nunca abaixado.


Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
Seta azul Veja os Regulamentos do fórum;
Seta azul Como Postar Fotos e Vídeos;
 


 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3246
Pontos : 4901
Idade : 39
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://universodoscanario.wixsite.com/criadourouniverso/inicio https://www.facebook.com/criadourouniverso.oficial https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: FIFE FANCY. COMO PREPARA-LOS PARA OS CONCURSOS.

Mensagem por CRIADOURO GOUVEIA em Qua 09 Maio 2018, 08:56

Como todas as raças em miniatura , buscamos a delicadeza e a proporcionalidade das aves . O texto basicamente dá o caminho a iniciantes porém existem alguns macetes que com o tempo e com a lida o criador vai aprendendo .  Salientando , nenhuma artimanha substitui a seleção genética , o máximo que se consegue é ressaltar alguma característica já existente na ave , então não percam tempo tentando transformar um canario mediocre em um bom canário , invistam em conhecimento e boas matrizes , uma raça muito bela !!!!


Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
Seta azul Veja os Regulamentos do fórum;
Seta azul Como Postar Fotos e Vídeos;
 


 

avatar
CRIADOURO GOUVEIA
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1040
Pontos : 1227
Idade : 39
CLUBE : CCCC / RCSP
CIDADE/CITY : SÃO PAULO
ESTADO/PROVÍNCIA : SÃO PAULO

Ver perfil do usuário http://www.criadourogouveia.no.comunidades.net/ https://www.facebook.com/criadourogouveia.sandro sandrocriadourogouveia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum