O Que Faz Nascer Mais Machos ou Fêmeas ?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Botão em Curso O Que Faz Nascer Mais Machos ou Fêmeas ?

Mensagem por Diego_ em Sex 19 Ago 2016, 19:16

“A dieta da mãe na época da concepção pode influenciar o sexo do bebê, sugere uma pesquisa da Universidade de Exeter e Oxford publicada na revista especializada”Biological Sciences”, da Royal Society. Pergunta-se então: E nas aves! Isso pode acontecer?
Segundo o estudo, mulheres que têm dieta rica em calorias e comem cereais regularmente no café da manhã podem aumentar as chances de conceber um menino.” Assim, no dia 23/04/2008 o website UOL noticiou o resultado de um recentíssimo estudo realizado com 740 mulheres no Reino Unido onde 56% delas que consumiam mais calorias na época da concepção tiveram filhos homens e entre as mulheres que consumiam menor quantidade de calorias 45% conceberam meninos. Pela primeira vez foi identificada de forma comprovada a existência de fatores capazes de influenciar a razão sexual de nascimentos em humanos. Ver em [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Para nós que iniciamos este artigo estimulados pelo objetivo de encontrar fundamentos que nos permitissem por luz sobre o artigo publicado em 1979 na revista “O Canarinho”; onde tomamos conhecimento da experiência de Charles Leduc, criador de canários, que desenvolveu uma receita alimentar e uma formulação injetável com as quais conforme seu interesse podia obter mais filhotes fêmeas ou machos dos casais de sua criação; a novidade lida em UOL vem provar a atualidade do assunto e sua conveniência.

Os exemplos que até agora encontramos em nosso estudo sobre a matéria já nos permitem emitir algumas conclusões. Vimos que pelo menos desde os anos de 2005 foram publicados trabalhos científicos que demonstraram que entre as aves existem espécies que possuem em si a capacidade de interferir na razão sexual de sua prole por mecanismos distintos. O primeiro caso que vimos foi o do Peru australiano (Alectura lathami, da família dos Megapodiidae) que põe seus ovos em montículos de folhas no chão e usa o calor gerado por microorganismos decompositores de matéria orgânica para incubar de seus ovos. Foi observado que entre os filhotes nascem mais machos quando a incubação se dá a baixas temperaturas, mais fêmeas em altas temperaturas e em igual razão sexual quando a incubação se dá em temperaturas medianas. O que eu não tinha informado até agora é que os pesquisadores também encontraram um índice de mortalidade maior de embriões nas incubações ocorridas em altas e baixas temperaturas. Este então seria um indício de que motivo do desbalanço da razão sexual dos nascimentos se dá por fator ocorrido após a fecundação e não por um mecanismo de alteração fisiológica interna da ave como vimos existir em outros exemplos que demos anteriormente. Sendo assim, vale a pena lembrar alguns deles:
1. Galinhas (Gallus gallus): onde a injeção subcutânea de progesterona nas mães parece ter influenciado padrões fisiológicos da forma de como ocorre a retenção dos cromossomos sexuais no ovócito e no corpúsculo polar, quando então se dá a determinação do sexo nas aves. Os resultados demonstraram que mais progesterona fez produzir 25% de machos no primeiro ovo de uma mesma seqüência de postura, e que menos progesterona fazem nascer 61% de machos.
2. Pavões (Pavo cristatus): onde o que fez ocorrer mudanças de padrões fisiológicos internos foi o estresse causado nas fêmeas quando estas eram forçadas a aceitar o cruzamento com machos que tinham o rabo depenado. Machos assim não são muito atrativos para as fêmeas que os julgam inaptos para serem pais de seus filhos. Nessas condições as mães produziram mais fêmeas do que machos em sua cria. Em condições normais a proporção é de 50%. São conhecidos pelo menos mais dois exemplos onde a atratividade do macho está envolvido na variação da proporção sexual dos filhotes:
a. Passeriforme australiano Zebra finches ou Diamante mandarim (Taeniopygia guttata): onde a atratividade do macho para as fêmeas da espécie está relacionada às suas listras peitorais.
b. Passeriforme europeu Blue titi (Cyanistes caeruleus) a atratividade do macho para as fêmeas da espécie está relacionada à variação de sua coloração só visível no espectro ultravioleta.
3. Psittaciforme neozelandês Kakapo (Strigops habroptilus): onde esse interessantíssimo papagaio de 60 centímetros, em vida livre, foi exposto por algum tempo a uma alimentação suplementar que quase lhe garantiu a extinção total. Essa alimentação estava alterando a razão sexual em sua prole para até 70% de machos. Sua população adulta total chegou a ser de 35 machos e 12 fêmeas somente. Uma nova dieta aplicada resolveu a questão levando a razão sexual da prole a níveis normais.


A fim de conseguir conhecer e informar algo próximo á nossa realidade de criadores nacionais e verificando a impossibilidade de encontrarmos qualquer trabalho publicado em literatura científica que nos atenda, lançamos mão de um levantamento sobre a razão sexual que se pode observar analisando o banco de dados mantido pelo laboratório Unigen, o qual por primeiro ofereceu no Brasil o exame de sexagem de aves pelo DNA e os oferece à comunidade passarinheira desde 1997. Sem qualquer pretensão interpretativa buscamos identificar entre criadores de Bicudos (Sporophila maximiliane) e Curiós (Sporophila angolensis) se haveria diferença entre as razões sexuais em suas criações, ou seja, o que fizemos foi dividir os números totais de fêmeas (♀) e os números totais de machos (♂) pelo total de sexagem solicitadas. Na tentativa de minimizar o efeito da quantidade amostral nos cálculos estatísticos, restringimos nossa análise a grandes criadores, aqueles que solicitam mais de 300 sexagens em uma mesma temporada. O que pudemos identificar dentre 10 desses criadores é que existem sim grandes variações e que nas criações onde elas existem encontramos mais filhotes machos do que fêmeas nas populações de bicudos e mais filhotes fêmeas do que machos nas de curiós. Não encontramos para nenhuma das duas espécies uma razão inversa a essa identificada (tabela 1).

Concluindo, verificamos que com toda informação que levantamos durante essa empreitada (tabela 2), buscando conhecer o estado da arte da obtenção de machos e fêmeas à vontade, não nos é possível prudentemente rejeitarmos o artigo publicado em “O Canarinho”. O mito não pôde ser enfraquecido, muito pelo contrário, ele se fortalece já que agora sabemos que algumas espécies de aves são capazes sim de responderem a estímulos externos de forma a alterarem a razão sexual de sua prole. Vimos que a alimentação pode ser um desses estímulos. Seria então a receita alimentar de Charles Leduc e o seu preparado injetável realmente capazes de gerar os efeitos declarados nas fêmeas de canário? E nas fêmeas das aves que criamos, também? Fica ai o desafio para quem seja capaz de formular experimentos científicos controlados que possam definitivamente comprovar ou não o postulado do criador francês. Encerro esse artigo deixando a critério do Edílson, editor desse ilustre periódico “Passarinheiro”, fazer tornar conhecidas as famosas formulações que Charles Leduc publicou em “O Canarinho” de 1979.
Por Antonio Francisco Ferreira Neto
Biólogo Molecular
Laboratório Unigen


Fonte: passarinheiros.blogspot.com.br/2011/01/o-que-faz-nascer-mais-machos-ou-femeas.
avatar
Diego_
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino BRASIL
Mensagens : 168
Pontos : 209
Idade : 32
CIDADE/CITY : Colombo
ESTADO/PROVÍNCIA : Paraná

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: O Que Faz Nascer Mais Machos ou Fêmeas ?

Mensagem por CRIADOURO GOUVEIA em Sab 20 Ago 2016, 09:01

UM TEMA CONTROVERSO , POR ENQUANTO SOU DAQUELES QUE CRÊ NA PROBABILIDADE E SUAS ARTIMANHAS , MAS SERIA BACANA REALMENTE SE DESCOBRISSEMOS COMO DAR UMA FORCINHA PRA DIRECIONAR A PROBABILIDADE rs....


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
CRIADOURO GOUVEIA
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 997
Pontos : 1173
Idade : 38
CLUBE : CCCC / RCSP
CIDADE/CITY : SÃO PAULO
ESTADO/PROVÍNCIA : SÃO PAULO

Ver perfil do usuário http://www.criadourogouveia.no.comunidades.net/ https://www.facebook.com/criadourogouveia.sandro SANDROGOU@HOTMAIL.COM sandrocriadourogouveia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum