Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Botão em Curso Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por José Carlos Pereira em Ter 21 Jun 2016, 18:48

Relembrando a primeira mensagem :

Algumas considerações que fiz num trabalho sobre as qualidades do som. Claro que não são informações minhas, mas encontradas nos bons livros de fisiologia da fala.
José Carlos.


Qualidades do som:
1- Timbre. Mús. Timbre Qualidade distintiva de sons da mesma altura e intensidade, e que resulta da quantidade maior ou menor dos harmônicos coexistentes com o som fundamental. (Aurélio). Portanto, é determinado pela superposição harmônica de sons secundários ao som principal. É o timbre que dá a cor vocal, a capacidade de cada pássaro cantar diferentemente daqueles de outras espécies e até da mesma espécie, o que, nem sempre, é distinguido pelos ouvidos humanos. Quase impossível achar um pássaro que cante exatamente como outro, pois, embora as notas emitidas possam ser as mesmas, com certeza o timbre será diferente. O timbre depende da forma das estruturas palatinas, da amplitude total e forma de abertura do laringe, da posição e forma do bico, etc. 
Ao vibrarem as membranas da siringe produzem os sons das consoantes que se superpõem à vibração geral do ar ao ser expulso e que produz os sons das vogais. A qualidade e a musicalidade do canto dependem do equilíbrio entre os sons das vogais e das consoantes. As cantadas mais duras e pouco melodiosas são devidas às marcações mais intensas das consoantes. Da siringe o som passa pela traquéia e as variações do comprimento desse trajeto determinam as escalas descendentes, ascendentes e as modulações. A cavidade bucofaríngea e as fossas nasais, últimos obstáculos a serem vencidos pelo som, são órgãos ressonantes e ajudam no colorido do mesmo; 2- Intensidade (força vocal). Depende da quantidade de ar que o pássaro é capaz de acumular nos pulmões e sacos aéreos e da potência com que ele é expelido. Assim, quanto maior a capacidade torácica, por conseqüência dos pulmões e sacos aéreos, e maior a potência dos músculos envolvidos, maior será a potência e o volume das cantadas. Não confundir essa potência canora com a maior estridência. Aqui tornam-se mais claras as necessidades de uma ancestralidade genética qualitativa e os treinamentos físicos adequados para que o pássaro possa exercer na plenitude e qualidade do canto e 3- Tom. Como nos humanos, os sons emitidos pelos pássaros podem ser divididos em agudos (tenor), médios (barítono) e graves (baixo). Na criação dos Serinus para canto essas gradações podem ser vistas claramente com os timbrados (agudos), malinois(médios) e rollers (graves). A tonalidade depende fundamentalmente da freqüência de vibrações das membranas da siringe. Podem tornar o som mais agudo (alto) o encurtamento da traquéia, os anéis cartilaginosos traqueais mais rígidos, o encurtamento e a maior rigidez do músculo e das cordas broncotraqueais provocando a maior tensão das membranas timpânicas e impedindo o alongamento traqueal, a maior tensão das membranas da siringe, o laringe totalmente aberto, os sacos aéreos de menores capacidades, o bico aberto, a maior pressão exercida pelos órgãos insufladores do ar, a diminuição do diâmetro dos brônquios e a ação dos  hormônios aceleradores do canto. O ritmo e a velocidade do canto podem acelerar devido a determinados estímulos nervosos e hormonais dependentes da raça, do temperamento e do estágio em que o pássaro se encontra em relação ao período reprodutivo. Como a luminosidade é o maior estímulo para a produção dos hormônios aceleradores do canto, os pássaros mantidos em boa luminosidade apresentarão cantadas mais altas ou agudas e, pelo contrário, os mantidos na penumbra tenderão a cantar mais grave. Pode ser visto com os filhotes que se deliciam nos chilreios agudos quando colocados ao sol da manhã. Os tons mais baixos são conseguidos quando o músculo e as cordas broncotraqueais são flexíveis e longas, a traquéia é longa e as cartilagens não são rígidas, os lábios da siringe estão semi-abertos, sacos aéreos amplos permitindo a vibração do ar no seu interior, o esôfago está dilatado pela pressão tornando-se uma caixa auxiliar de ressonância, o bico cerrado ou semi-aberto, membranas siringeas grandes e pouco tensas e brônquios com diâmetros aumentados.
Respeitando-se as características diferenciais regionais, os sons de grande musicalidade emitidos pelos pássaros possuem intensidade, timbre e tonalidade característicos para cada espécie e, dentro das espécies, para cada pássaro individualmente.  Sempre lembrando a importância da condução dos sons pelo ar e a interferência do meio ambiente na sua transmissão podendo provocar reflexões, reverberações ou refrações.
Portanto, os pássaros podem emitir os seus cantos  em tonalidades graves ou agudas e em intensidades mais altas ou baixas.  O que adjetiva a qualidade de canto realmente é o timbre, o colorido do canto. É o diferencial dos grandes cantores. Dois pássaros podem emitir as mesmas notas no canto e nas mesmas tonalidades e alturas, mas um se diferenciará do outro pela maneira como são emitidas, como, por exemplo, flauteadas, aquosas, aveludadas, metálicas, doces, etc.
avatar
José Carlos Pereira
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino BRASIL
Mensagens : 230
Pontos : 264
Idade : 77
CIDADE/CITY : Cruzeiro
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Botão em Curso Re: Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por MauricioJr em Seg 22 Ago 2016, 13:51

"O que mais te preocupa no Timbrado Espanhol atualmente?

Que estamos perdendo a identidade do Timbrado Espanhol com cruzamentos que estao fazendo para conseguir um melhor passaro de copia, e nao o melhor Timbrado Espanhol. 
Devido a alguns sons e partituras musicais que estao sendo introduzidos, estao passando a ter um passaro com voz de registro tonal medio, oco e acuoso que nao tem nada a ver com o som natural do canto Timbrado Espanhol. Parece ate que estamos escutando a um radio. 
E para acabar, agora alguns criadores estao cruzando o Timbrado Espanhol com canarios de cor, correndo um grande risco de acabarem com a raca Timbrado Espanhol." (Manuel Rivas Rodriguez - Juiz de Canto Timbrado Espanhol)"

Entrevista completa:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


>>>...


.
avatar
MauricioJr
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino USA
Mensagens : 242
Pontos : 282
Idade : 49
CLUBE : Floreos Y Compuestas
CIDADE/CITY : Philadelphia
ESTADO/PROVÍNCIA : PA - USA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso VAMOS FALAR A RESPEITO DO TIMBRADO ESPANHOL.

Mensagem por DAVI COUTINHO em Ter 23 Ago 2016, 19:15

Boa tarde amigos do Universo dos Canários!

Primeiramente obrigado ao Maurício pelo bom artigo que publica aqui, com a rubrica do Sr. Manuel Rivas Rodrigues, um Juiz especialista em timbrado espanhol, tanto julgando como criando e selecionando há muito tempo. Apesar de não ser especialista em espanhol, li com atenção a entrevista com este juiz, que mostra preocupação com a miscigenação do canário timbrado com o malinois para obter híbridos com canto mais baixo, cadenciado e sons de água. E, pior ainda, alguns criadores cruzando timbrados com canários de cor e descaracterizando totalmente o timbrado espanhol como raça pura.

Outra coisa que me chamou a atenção nesta entrevista é que ele fala da diversidade de giros num mesmo canário, semicontínuo, descontínuo e também giros clássicos, exalta a diversidade do canto timbrado, apreciando canários com pelo menos doze giros. Esta tentação de querer um timbrado cantando ôco como um harzer e na altura de um malinois, é uma idéia que temos que combater desde o princípio por aqui, porque esta não é uma característica da raça timbrado espanhol. Pelo que o Sr. Manuel diz, os timbrados são caracterizados pelo canto mais alegre e vibrante mesmo (vibrante sem ser estridente); Quem não gostar deste tipo de canto deve criar os harzer ou malinois.

Outra preocupação dele, que acho de bom alvitre observarmos, é a criação de timbrados com canto encartado através de treinamento com mídias gravadas, explorando a capacidade de aprendizado do pássaro, e não da boa e criteriosa seleção genética, o que para ele desvirtua o objetivo da criação e aperfeiçoamento da raça. 
Mas nas postagens que se seguem neste mesmo link eu percebi que, mesmo lá, tem gente que contesta o que ele considera a técnica ideal de manejo do timbrado. Espero que por aqui, independente do que cada um acredita ser correto, procuremos as melhores referências entre especialistas na raça, para começar a criação com parâmetros sólidos e duradouros.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
DAVI COUTINHO
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1179
Pontos : 1378
Idade : 63
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por José Carlos Pereira em Ter 23 Ago 2016, 19:29

Maurício, lendo o artigo e os comentários, nota-se uma boa briga entre aqueles que miscigenam geneticamente os Timbrados com os Malinois e até com canários de cor e aqueles que não admitem isso. O entrevistado é frontalmente contra esse procedimento. E acho que ele tem razão.
Pensei que o gostar de misturar espécies e subespécies fosse fenômeno brasileiro, mas creio que é latino. Rs.
Agora, "ensinar" o filhote cantar usando métodos artificiais será criar canto que facilmente será perdido. A não ser que os caras sejam tão neuróticos para ficar repetindo para todo o sempre os ditos "ensinamentos" e isole acusticamente o bicho totalmente. Comum ouvir "meu pássaro canta CD tal"; quer dizer o bicho não tem canto próprio, canta CD. Rs.
avatar
José Carlos Pereira
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino BRASIL
Mensagens : 230
Pontos : 264
Idade : 77
CIDADE/CITY : Cruzeiro
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso VAMOS FALAR A RESPEITO DO TIMBRADO ESPANHOL.

Mensagem por DAVI COUTINHO em Ter 23 Ago 2016, 20:03

Boa noite amigos do Universo dos Canários!

Então José Carlos, Maurício e demais amigos, e a gente que pensava que estas manias de  pássaro que canta CD era coisa de brasileiro rsrs. Se gostasse de ouvir pássaro cantando CD, então não precisava criar, é só comprar o CD e colocar para rodar rsrs. Não come, não bebe, não adoece, nem gaiola precisa. Aí a brincadeira não tem graça; ganhar troféu em concurso com estes artifícios é igual comprar diploma falso.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
DAVI COUTINHO
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1179
Pontos : 1378
Idade : 63
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por José Carlos Pereira em Ter 23 Ago 2016, 20:13

Uma vez, diante de problemas encontrados na criação dos pastores alemães, me queixei ao meu pai. Ouviu, tomou uma golada de café com leite e respondeu: crie pedras que não terá nenhum desses problemas. Bem por aí. E ele foi dos iniciadores na criação dos curiós em viveiros. Sabia das coisas.
avatar
José Carlos Pereira
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino BRASIL
Mensagens : 230
Pontos : 264
Idade : 77
CIDADE/CITY : Cruzeiro
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por francisco dias em Qua 24 Ago 2016, 20:42

Oque mais estou gostando nos canários de canto e não precisar tocar cd 

Já criei curió e a paranóia de tocar cd e enorme kkk
Desisti da criação por este motivo tb
Deixar os bixos na pura genética desenvolver seu canto e repertório é fantástico

Não vejo a hora de separar meus primeiros filhotes de timbrado espanhol
Estão quase pulando do ninho 
Infelismente as anilhas não chegaram a tempo mas coloquei anilha de marcação mesmo
Fiquei surpreso de quanto o macho e cuidadoso com a fêmea e os filhote
avatar
francisco dias
Membro
Membro


Masculino BRASIL
Mensagens : 31
Pontos : 49
Idade : 44
CIDADE/CITY : sao jose do rio pardo
ESTADO/PROVÍNCIA : sao paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por MauricioJr em Seg 29 Ago 2016, 19:36

HISTORIA DEL CANARIO DE CANTO TIMBRADO ESPAÑOL


El origen de nuestra raza se remonta al momento mismo en que se empezó a traer el canario silvestre a España, concretamente a Castilla, entre finales del siglo XIV y principios del XV. El principal atractivo del canario silvestre era su canto y en este aspecto es de suponer que se centraría su selección desde los inicios de su cría en cautividad.

Pocos datos disponemos acerca de aquellos primeros canarios domésticos, pero con el tiempo y, suponemos, con una selección de los cantores más aptos, se consiguió un tipo de canarios muy valorado por su canto y que se dio en llamar canario del País. Algunas zonas son citadas como focos de crianza más importantes, entre ellas Andalucía, Asturias y Cataluña. Especialmente famosos fueron los canarios de la localidad catalana de Vich, a los que se describió como aquellos "cuyo meritorio canto era apreciado fuera de nuestras fronteras por no emitir notas desagradables y sí, en cambio, multitud de variaciones bien vocalizadas y moduladas, en un repertorio contrastado de tonalidades diversas, en el cual (...) expresaban estrofas completas del canto del ruiseñor emitidas con discreta sonoridad y delicados tonos de voz".

El canario del País estuvo a punto de desaparecer debido a una serie de causas, las principales fueron:

1. La aparición en España de los primeros canarios rizados importados, que fueron cruzados con los "del País" para buscar características anatómicas más próximas a los canarios de postura (principalmente aumento de talla).

2. El auge del canario Roller, que hizo que la mayor parte de los escasos ejemplares puros "del País" que quedaban fueran cruzados.

3. La Guerra Civil Española y sus desastrosas consecuencias.

4. Para algunos autores también mermó el plantel de criadores el éxito que alcanzaron los canarios de "factor rojo".

En los años cuarenta un grupo de aficionados madrileños se propuso recuperar la antigua raza del País. Fruto de su trabajo fue que en 1950, se confeccionase, basado en el del canario Roller, el primer Código de Canto. En 1954 la Asociación de Canaricultores Españoles confeccionó un nuevo Código de Canto y bautizó a la raza con el nombre de Timbrado Español.

El siguiente paso fue solicitar el reconocimiento internacional de la raza, lo que se produjo en el año 1956, con ocasión del "IV Campeonato Mundial de la C.I.C.", celebrado en Barcelona. El resultado no pudo ser más decepcionante: la comisión encargada de valorar la nueva raza desestimo su reconocimiento internacional por considerarla el fruto no depurado de cruces con el canario Roller.

Fue en Bruselas, en el año 1962, durante el transcurso del "X Campeonato Mundial de la C.O.M.", y a instancias de la A.C.E., cuando por fin se reconoció internacionalmente al Timbrado Español.

Mucho se ha avanzado desde entonces y numerosos han sido los Códigos de Canto y planillas de enjuiciamiento que se han sucedido; muestra inequívoca del arraigo y del interés despertado por el canario de Canto Timbrado Español entre la afición española.

1.- El Canario Timbrado Español.

En el concepto técnico de canto Timbrado Español que se expone en este Código, se indica cual es la base en la que debe estar apoyado este tipo de canto, qué es lo que le hace diferente a las otras variedades del mismo tipo, y de una forma general, sus características técnicas, tanto desde el punto de vista de las cualidades principales de los sonidos que deben formar los giros y notas, como de las características musicales de la canción que se debe componer con dichos giros.

Esta definición será el punto de referencia ante cualquier duda que se plantee a un juez en un enjuiciamiento para valorar la calidad de los ejemplares cuando se le presenten para enjuiciar.

Los giros emitidos por el canario de canto "Timbrado Español" deberán de tener las siguientes características fundamentales:
El tono general de los mismos debe comprender un amplio registro tonal, sin que este canario tenga que especializarse en un determinado tipo de tono, tal como sucede en las otras variedades de canto que existen en la actualidad. En atención a lo aquí expuesto no se considerarán ejemplares de primera categoría aquellos que emitan una canción inmersa toda ella en tonos "acuosos" o con un tono general grave, por ser estas, como queda dicho, características de la canción de otras variedades de canto.

La intensidad de voz de los giros emitidos debe tener un valor tal que permita la clara audición de las vocales y consonantes que compongan los mismos y sin llegar a la estridencia, de tal forma que resalte el carácter musical alegre de este tipo de canto.

El timbre de los giros emitidos, igual que lo indicado para el tono, podrá abarcar un amplio espectro siempre que no sea igual al de las otras variedades de canto actualmente reconocidas.

En cuanto a las características de la canción que debe componerse con los giros, la misma debe estar basada principalmente en:

Ritmos lentos que permitan una dicción lo más clara posible, por tanto, se considerarán giros principales de este tipo de canto aquellos cuyo ritmo sea lento o semilento, sin que por ello deba despreciarse los giros de ritmo rápido pues los mismos también contribuyen a la riqueza y variedad de este tipo de canto, pero la canción no debe apoyarse en ellos pues esto es una especialización característica de otra variedad de canto oficialmente reconocida.

Melodías muy variadas, y por tanto deben estar compuestas por giros de todos los tipos de ritmo de emisión, pero en las que predominarán los lentos y semilentos, de tal forma que los cambios de ritmo se produzcan de forma clara y sin brusquedades. Atendiendo a lo aquí expuesto no se considerarán ejemplares de primera categoría aquellos que repitan monótonamente un tipo determinado de giros en perjuicio de una canción variada.

Como resumen, el canto Timbrado Español debe ser de ritmo lento, con buena dicción, y muy variado.

Al ser el canto "Timbrado Español" un tipo de canto, y por tanto, que puede ser emitido por muchos tipos de ejemplares, estos ejemplares se considerarán dentro de esta variedad, siempre que: la canción emitida tenga las características recogidas en esta definición conceptual, los giros se pueden clasificar dentro de la Planilla de enjuiciamiento y en la correspondiente definición del Código, y que no emitan una canción basada en los giros y características de canto de las variedades de canto oficialmente reconocidas.

 
 
2.- Fenotipo.

No siendo el canario de Canto Timbrado Español ni de color ni de forma, queda el criador en libertad de ajustar los caracteres fenotípicos de sus ejemplares segun la evolucion del canario silvestre. 
No se admitiran el factor rojo ni la presencia de rizos en el plumaje.


>>>...
avatar
MauricioJr
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino USA
Mensagens : 242
Pontos : 282
Idade : 49
CLUBE : Floreos Y Compuestas
CIDADE/CITY : Philadelphia
ESTADO/PROVÍNCIA : PA - USA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso VAMOS FALAR A RESPEITO DO TIMBRADO ESPANHOL.

Mensagem por DAVI COUTINHO em Ter 30 Ago 2016, 05:05

Caro Maurício, dada a importancia do artigo que você generosamente posta aqui, eu tomei a liberdade de traduzir para o português do brasil, visando facilitar a leitura para todos.
Minhas desculpas por alguns erros que encontrarem; porque, além da tradução, procurei contextualizar alguns termos.
O CANÁRIO TIMBRADO ESPANHOL.
A origem de nossa raça remonta ao mesmo momento em que se começou a trazer o canário silvestre para a Espanha, certamente para Castella, entre o final do século XIV e princípios do século XV. O principal atrativo do canário silvestre era seu canto, e neste aspecto era de se supor, que se concentraria sua seleção desde o início de sua criação em cativeiro.
Poucos dados dispomos acerca daqueles primeiros canários domésticos, mas com o tempo, e supomos, com uma seleção dos melhores cantores, se conseguiu um tipo de canário muito valorizado por seu canto, que se acostumou chamar “ Canário do país”.

Algumas regiões são citadas como centros de criação mais importantes, entre eles a Andaluzia, Astúrias e Catalúnia. Especialmente famosos foram os canários da localidade de Catalana de Vich, que foram descritos como aqueles cujo canto superior era apreciado fora de nossas fronteiras, por não emitir notas desagradáveis, em vez disto, uma multiplicidade de variações bem vocalizadas e moduladas, num repertório contrastado de tonalidades diversas nas quais expressavam estrofes completas do canário ancestral, emitidas com sonoridade discreta e delicados tons de voz.
O canário do país estava a ponto de desaparecer devido a uma série de causas, as principais foram:
1 – O aparecimento na Espanha dos primeiros canários frisados importados, que foram cruzados com os “do país” buscando características anatômicas mais próximas aos canários de porte.
2 – O auge do canário roller, que fez com que a maior parte dos escassos exemplares puros “Del país” que restavam foram cruzados.
3 – A guerra civil espanhola e suas desastrosas consequências.


4 – Para alguns autores também o que fez diminuir o grupo de criadores foi o sucesso que alcançaram os canários de fator vermelho.
Nos anos quarenta um grupo de aficionados madrilenos se propuseram recuperar a antiga raça Del país. Fruto do seu trabalho, foi que em 1950, se fizesse, baseado no do canário Roller, o primeiro manual de canto da raça. Em 1954 a Associação de Canaricultores Espanhois fez um novo manual de canto e batizou a raça com o nome de TIMBRADO ESPANHOL.
O passo seguinte foi solicitar o reconhecimento internacional da raça, o que se fez no ano de 1956, por ocasião do IV Campeonato Mundial da S.I.C. realizado em Barcelona. O resultado não pôde ser mais decepcionante: A comissão encarregada de avaliar a nova raça desestimulou seu reconhecimento internacional por considera-la o resultado apurado de cruzamentos com o canário Roller.



Foi em Bruxelas, no ano de 1962, no decorrer do X Campeonato Mundial da C.O.M. e a direção da A.C.E., que afinal se reconheceu internacionalmente o Timbrado Espanhol.
Muito se tem avançado desde então, e muitos tem sido os manuais de canto e planilhas de julgamento que se tem feito; Mostra inequívoca das raízes e do interesse despertado pelo canário de canto Timbrado espanhol, na afeição espanhola.

 
1 – O Canário timbrado Espanhol.
No conceito técnico de canto timbrado espanhol que se expõe neste manual, se indica qual é a base em que deve estar apoiado este tipo de canto, isto é o que o faz diferente das outras variedades do mesmo tipo, e de uma forma geral, suas características técnicas, tanto do ponto de vista das qualidades principais dos sons que devem formar os giros e notas, como das características musicais do canto que se deve formar com esses giros.


Esta definição será o ponto de referência para qualquer dúvida que um juiz tenha em um julgamento, para avaliar a qualidade dos exemplares, quando se apresentam para serem julgados.
Os giros emitidos pelo canário de canto timbrado espanhol deverão ter as seguintes características fundamentais:
A tonalidade geral dos mesmos devem compreender um amplo registro tonal, sem que este canário tenha que se especializar num determinado tipo de tonalidade, como acontece nas outras variedades de canto que existem na atualidade. Considerando o aqui exposto não se considerarão exemplares de primeira categoria, aqueles que emitem um canto todo imerso em tonalidades de água, ou com uma tonalidade geral grave, por serem estas, como já dito, características da canção de outras variedades de canto.

A intensidade de voz dos giros emitidos deve ter um valor tal, que permita a clara audição das vogais e consoantes que componham os mesmos, e sem chegar a estridência, de tal forma que ressalte o caráter musical alegre deste tipo de canto.
O timbre dos giros emitidos, igual ao indicado para a tonalidade, poderá abranger um amplo espectro, desde que não seja igual ao das outras variedades de canto atualmente reconhecidas.
Quanto as características do canto que deve compor-se com os giros, a mesma deve estar baseada principalmente em:
Ritmos lentos que permitam uma dicção mais clara possível, portanto, se considerarão giros principais, deste tipo de canto, aqueles cujo ritmo seja lento ou semilento, sem que por ele deva depreciar os giros de ritmo rápido, pois eles também contribuem para a riqueza e variedade deste tipo de canto, mas o canto não deve apoiar-se neles, pois isto é uma especialidade característica de outra variedade de canto oficialmente reconhecida.



Melodias muito variadas, e por tanto devem estar compostas por giros de todos os tipos de ritmo de emissão, mas nas que predominarão os lentos e semilentos, de tal modo que as trocas de ritmos se façam de forma clara e sem asperezas.
Atentando ao que foi exposto aqui não se considerarão exemplares de primeira categoria aqueles que repitam de forma monótona um tipo determinado de giros em prejuízo de uma canção variada.
Em resumo, o canto Timbrado espanhol deve ser de ritmo lento, com boa dicção, e muito variado.
Sendo o canto timbrado espanhol um tipo de canto, é por isto, que pode ser emitido por muitos tipos de exemplares, estes exemplares serão considerados dentro desta variedade, sempre que: O canto emitido tenha as características enquadradas nesta definição conceitual, os giros podem ser classificados dentro da planilha de julgamento na definição correspondente do manual, e que não emitam um canto baseado nos giros e características de canto das outras variedades de canto oficialmente reconhecidas.



2 – Fenótipo.
Não sendo o canário de canto timbrado espanhol nem de cor, nem de porte, pode o criador ter liberdade de escolher as características fenotípicas de seus exemplares, segundo a evolução do canário silvestre.
Não serão admitidos o fator vermelho nem a presença de frisos na plumagem.
>>>..


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
DAVI COUTINHO
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1179
Pontos : 1378
Idade : 63
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por francisco dias em Qua 31 Ago 2016, 22:57

Maravilha amigos 
Obrigado por melhorar nosso conhecimento sobre a raça
avatar
francisco dias
Membro
Membro


Masculino BRASIL
Mensagens : 31
Pontos : 49
Idade : 44
CIDADE/CITY : sao jose do rio pardo
ESTADO/PROVÍNCIA : sao paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por MauricioJr em Qui 22 Set 2016, 13:55

Ola pessoal do UDC,

Sr. Davi, a traducao ficou otima. Muito obrigado pelo tempo e trabalho.
Apenas uma pequeno detalhe:

"Especialmente famosos foram os canários da localidade de Catalana de Vich, que foram descritos como aqueles cujo canto superior era apreciado fora de nossas fronteiras, por não emitir notas desagradáveis, em vez disto, uma multiplicidade de variações bem vocalizadas e moduladas, num repertório contrastado de tonalidades diversas nas quais expressavam estrofes completas do canário ancestral, emitidas com sonoridade discreta e delicados tons de voz.

No paragrafo acima o "canario ancestral" deve ser lido como "Rouxinol" :

""Especialmente famosos foram os canários da localidade de Catalana de Vich, que foram descritos como aqueles cujo canto superior era apreciado fora de nossas fronteiras, por não emitir notas desagradáveis, em vez disto, uma multiplicidade de variações bem vocalizadas e moduladas, num repertório contrastado de tonalidades diversas nas quais expressavam estrofes completas do Rouxinol, emitidas com sonoridade discreta e delicados tons de voz."


>>>...
avatar
MauricioJr
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino USA
Mensagens : 242
Pontos : 282
Idade : 49
CLUBE : Floreos Y Compuestas
CIDADE/CITY : Philadelphia
ESTADO/PROVÍNCIA : PA - USA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso VAMOS FALAR A RESPEITO DO TIMBRADO ESPANHOL.

Mensagem por DAVI COUTINHO em Sex 23 Set 2016, 19:28

Boa noite Maurício e amigos do Universo dos Canários!

Obrigado pela correção Maurício. O artigo é muito bom. Eu falei para você que ia corrigir, mas esqueci rsrs.
Desculpa.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
DAVI COUTINHO
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1179
Pontos : 1378
Idade : 63
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso VAMOS FALAR A RESPEITO DO TIMBRADO ESPANHOL.

Mensagem por DAVI COUTINHO em Dom 25 Set 2016, 00:37

Boa noite amigos do Universo dos Canários!

Caro Maurício, os espanhóis chamam o Timbrado de canário del país (em português,canário do país), esta certamente é uma referência ao canário ancestral Serinus canárius, que foi monopólio espanhol por muitos anos.
Minha pergunta, para você que é mais experiente nestes canários, é: Qual a semelhança do canto do Timbrado espanhol com o canário ancestral? O que o timbrado teria de igual ou diferente?


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
DAVI COUTINHO
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1179
Pontos : 1378
Idade : 63
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso VAMOS FALAR A RESPEITO DO TIMBRADO ESPANHOL.

Mensagem por DAVI COUTINHO em Ter 04 Out 2016, 01:51

Boa noite amigos do Universo dos Canários!


CANÁRIO DE CANTO TIMBRADO ESPANHOL DISCONTÍNUO.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
CHAMADA A UMA DIFERENTE GERAÇÃO;

Desde que começaram a criação de canários de canto, há alguns anos, se pode comprovar como em pouco tempo, tem sucedido acontecimentos que de uma maneira ou outra, tem feito cambalear-se as estruturas que sustentam a canaricultura de canto na variedade Timbrado espanhol.
 
Desde as origens, o Timbrado tem estado envolvido em polêmica. A problemática que vem se arrastando desde que o reconheceram como raça é devido, em grande medida, à continuidade nos cargos e nas instituições, de pessoas que há cinquenta anos preconizaram um canário que ao longo de meio século tem evoluído muitíssimo.
 
O problema não é que a canaricultura tenha evoluído, o problema é que não se quer assumir esta realidade. Os pássaros vão evoluindo, os métodos para sua criação, a seleção, o treinamento, as instalações...tudo tem mudado, a não ser, a mentalidade de alguns aficcionados que se apegam ao fato de que há cinquenta anos eles foram os que lutaram para que o Timbrado espanhol viesse à luz.
 
Todos nós aficcionados, creio que estamos agradecidos, mas creio que não é aceitável que que por falta de entendimento entre pessoas com opiniões deferentes (Isto está acontecendo, no que se tem visto, ligando a tendência clássica com a tendência descontinua) e que não tem sabido aproveitar esta oportunidade para retribuir e dar oportunidade de escolha ao hooby. Desta forma está cada vez mais dividida e cansada de enfrentamentos absurdos que não levam a nada.

Dando oportunidade a pessoas jovens, que em muitos casos são experimentados criadores, estaríamos dando oportunidade a troca, a evolução, ao entendimento e ao diálogo. Diálogo hoje, que é de estúpidos, porque cada um olha para si, e se abriga ao sol que mais o esquenta. São muitas as críticas que fazem sobre a falta de envolvimento e participação dos aficionados, mas quando estes oferecem colaboração a velha guarda se mostra reticente.
 
Com isto quero fazer um chamamento a uma diferente geração que dê oportunidade para seguir evoluindo o Timbrado, e que se possa dar origem (seja esta como for) a outro pássaro de canto, que cada vez se distancie mais do genuíno Timbrado Espanhol.
 
Quero também pedir envolvimento da força nova e necessária nesta luta para que aquilo que conseguiram nossos antecessores, não se perca, quando eles se forem.
Coragem, trabalho e vontade. Estou convencido que assim conseguiremos, e se ainda tivermos a sorte do nosso lado...Muito melhor!
 
Um abraço a todos aficionados.
 
Texto de Diego Martin Sanz – CN.CZ/71
Tradução in verbis - Davi Coutinho.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
DAVI COUTINHO
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1179
Pontos : 1378
Idade : 63
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por Ferrazsilvasp em Dom 30 Out 2016, 21:49

Caro Sr Mauricio ...

Estou interessado em iniciar uma criação de timbrados ... li todo esse tópico e pude observar que aqui no Brasil não temos ainda bons canários dessa linha. Dito isso me ocorreu uma possibilidade .... podemos importar seus canários, já que eles são de qualidade? não sei se é possível, ou se tem meios pra isso, mas acredito que seja uma boa maneira de começar uma criação com o pé direito ... você se interessaria em verificar essa possibilidade ? Aguardo seu retorno. Grande Abraço
avatar
Ferrazsilvasp
Sou Novo no Fórum
Sou Novo no Fórum


Masculino BRASIL
Mensagens : 1
Pontos : 1
Idade : 59
CIDADE/CITY : guarulhos
ESTADO/PROVÍNCIA : sp

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por MauricioJr em Seg 21 Nov 2016, 21:36

Ola Sr. Ferraz Silva,

Bem observado.

E possivel importar canarios legalmente, fica caro e da trabalho, porem e possivel.  No momento a entrada de aves no Brasil esta suspenca por tempo indeterminado. Tem que ficar de olho no site do MAPA para ver quando vai ser liberado novamente a importacao...

Em 2013 eu enviei 10 canarios para o Brasil, O procedimento de exportacao e importacao foi um sucesso. Na epoca a ideia era distribuir os canarios GRATUITAMENTE para um grupo de criadores de Sao Paulo, Rio de Janeiro e Parana, mas infelizmente depois de 4 ou 5 meses todos os canarios morreram derepente com suspeita de envenenamento intencional. Foi muito triste e sentimos a perda todos os dias...

Forte abraco...

>>>...
avatar
MauricioJr
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino USA
Mensagens : 242
Pontos : 282
Idade : 49
CLUBE : Floreos Y Compuestas
CIDADE/CITY : Philadelphia
ESTADO/PROVÍNCIA : PA - USA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso VAMOS FALAR A RESPEITO DO TIMBRADO ESPANHOL.

Mensagem por DAVI COUTINHO em Ter 22 Nov 2016, 01:24

Boa noite amigos do Universo dos Canários!

Olá Maurício, Ferraz e demais afeiçoados ao timbrado espanhol. Realmente o problema burocrático tem tornado quase impossível importar canários para o país, principalmente de forma legal como o Maurício fez. Mas uma revelação que me causa tristeza é que os canários mortos tinham suspeita de envenenamento intencional, será que o importador recusou dar propina a alguém. Isto seria muito perverso, ao meu ver. 

A pergunta é como ou por quem estes canários teriam sido envenenados? É uma pena, porque estes canários eram a oportunidade de mudar totalmente o rumo da criação de timbrados por aqui, iriam fazer a diferença. Mas creio que um dia as coisas mudam, devemos ficar de olho nas regras do MAPA, de repente numa dessas mudanças de governo abre-se uma janela.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
DAVI COUTINHO
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1179
Pontos : 1378
Idade : 63
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por MauricioJr em Seg 28 Nov 2016, 12:55

Ola Sr. Davi,

Nao, nao teve combranca ou pagamento de propina de maneira alguma.

A autopsia realizada nao revelou nenhuma doenca causada por virus ou bacterias. Porem foi detectado um sangramento intrigante no cerebro dos canarios que sugeria intoxicacao por veneno, porem os exames necessarios para confirmar o envenenamento nao foram realizados por serem muito caros. 

Foi realmente muito estranho. Canarios saudaveis ja adaptados e criando, prestes a serem distribuidos gratuitamente, aparecem todos mortos no mesmo dia. 

Infelizmente.

>>>...
avatar
MauricioJr
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino USA
Mensagens : 242
Pontos : 282
Idade : 49
CLUBE : Floreos Y Compuestas
CIDADE/CITY : Philadelphia
ESTADO/PROVÍNCIA : PA - USA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso VAMOS FALAR A RESPEITO DO TIMBRADO ESPANHOL.

Mensagem por DAVI COUTINHO em Qua 30 Nov 2016, 15:13

Olá Maurício!

Falei da propina porque está muito na moda por aqui rsrs. Mas realmente, como você disse é muito estranho. Bem... foi uma perda e tanto, mas você deu sua preciosa contribuição e eu, pessoalmente, sempre lhe serei grato por ter me incluído no projeto.
No próximo ano haverá julgamento dos Timbrados e Malinois na FOB durante o brasileirão; vamos ver o que temos por aqui. E melhor é que serão juízes espanhóis, assim haverá algum parâmetro para começar a seleção dos melhores exemplares.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
DAVI COUTINHO
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1179
Pontos : 1378
Idade : 63
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por MauricioJr em Qui 08 Dez 2016, 20:36

Ola Sr. Davi e demais colegas do UDC.

Muito bom ter um Juiz Espanhol julgado o primeiro evento no Brasil. A gente aprende muito, pois alem do julgamento certamente vai ter um seminario e um bate papo com o Juiz...

Ano que vem, no Mundial Organizado pela COM, serao votadas uma serie de propostas para mudar as regras de julgamento do Timbrado Espanhol. 

Vamos ter  que esperar ate janeiro para falarmos sobre Timbrado Espanhol e, talvez,  Timbrado Floreado e , quem sabe, sobre o Canario de Canto Espanhol. Vai ser interessante acompanhar como a COM vai desenrolar esse novelo. (ou talvez enrolar ainda mais)
Agora, de momento, vale a pena a gente reler o artigo acima que foi gentilmente postado e traduzido pelo Sr. Davi.



>>>...
avatar
MauricioJr
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino USA
Mensagens : 242
Pontos : 282
Idade : 49
CLUBE : Floreos Y Compuestas
CIDADE/CITY : Philadelphia
ESTADO/PROVÍNCIA : PA - USA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por MauricioJr em Seg 09 Jan 2017, 21:28

DAVI COUTINHO escreveu:Boa noite amigos do Universo dos Canários!

Caro Maurício, os espanhóis chamam o Timbrado de canário del país (em português,canário do país), esta certamente é uma referência ao canário ancestral Serinus canárius, que foi monopólio espanhol por muitos anos.
Minha pergunta, para você que é mais experiente nestes canários, é: Qual a semelhança do canto do Timbrado espanhol com o canário ancestral? O que o timbrado teria de igual ou diferente?

Ola Sr. Davi e amigos do UDC.
A partie de 1962 o Canario del Pais passou a ser chamado Timbrado Espanhol e nao ao contrario...
A semelhanca do canto do Timbrado Espanhol com o Canario ancestral?
Tudo depende do tipo do timbrado espanhol. As linhas de canto e as possibilidades sao infinitas. Tem Timbrado que tem "rinhas" como os canarios silvestres, outros tem um tom de voz bem metalico parecido com o canario silvestre, enquanto outros nao tem absolutamente nada que possa lembrar o canto de um canario silvestre. Praticamente cada caso tem que ser analizado individualmente.

>>>...
avatar
MauricioJr
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino USA
Mensagens : 242
Pontos : 282
Idade : 49
CLUBE : Floreos Y Compuestas
CIDADE/CITY : Philadelphia
ESTADO/PROVÍNCIA : PA - USA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso VAMOS FALAR A RESPEITO DO TIMBRADO ESPANHOL.

Mensagem por DAVI COUTINHO em Ter 10 Jan 2017, 23:51

Boa noite Maurício e amigos do Universo dos Canarios!!

Caro Maurício, obrigado pelas explicações. São pequenos detalhes, mais vamos nos informando melhor sobre esta raça de canários que está chegando em bom número por aqui, e despertando bastante interesse entre os criadores brasileiros. Ainda não temos parâmetro seguro de qualidade canora, mas devagar vamos juntando as peças.
>>>


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
DAVI COUTINHO
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1179
Pontos : 1378
Idade : 63
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por canarilcorrea em Sex 13 Jan 2017, 09:56

No ano passado decidi em testar uma metodologia diferente da que vinha praticando. Resolvi criar de forma mais natural, seguindo as orientações dos criadores que defendem a técnica de isolamento completo (sem contato com os pais e sem encarte). Defendedor deste método o Maurício Jr. tem sido um grande incentivador nosso. Pesquisando e conversando com alguns criadores de timbrados resolvi fazer minha própria experiência. Durante dois anos, em 2014 e 2015 usei mídia eletrônica para treinamento e no ano passado comecei a criar de forma mais natural. Neste método procurei manter os machos no canaril apenas no período de gala das fêmeas. Assim que as fêmeas entravam na choca, ao botarem o quarto ovo, retirava o macho e o colocava em outro ambiente a aproximadamente 08 metros de distância. Esse macho retornava ao canaril apenas quando a fêmea estava pronta novamente (entre 30 e 40 dias depois). Os filhotes eram separados por famílias em voadeiras diferentes. Também mantive o cuidado de manter a separação por ninhada. Como minha criação é pequena montei apenas oito voadeiras, sendo que algumas estão com dois filhotes apenas. Com idade entre 02 e 05 meses, muitos deles já estão gurrichando. A expectativa agora é de ver os resultados e se houver julgamento este ano em Itatiba vamos poder saber a qual tempo a genética que estamos criando poderá oferecer resultados. Uma outra experiência que estou fazendo é criar alguns exemplares em viveiro externo. Construí um viveiro de aproximadamente 22 m² com área aberta a intempéries e com área de proteção contra chuva e vento. Dentro do viveiro coloquei várias árvores do tipo ficus, frutiferas e medicinais, alem de grama. Soltei uns 15 canários entre machos e fêmeas e também deixei algumas matrizes machos e fêmeas no viveiro após a cria e nos intervalos de gala. Até agora o resultado tem sido impressionante. Outro dia comento os resultados do viveiro e posto os vídeos dos timbrados.
avatar
canarilcorrea
Membro
Membro


Masculino BRASIL
Mensagens : 2
Pontos : 2
Idade : 43
CLUBE : RCSP
CIDADE/CITY : Betim
ESTADO/PROVÍNCIA : Minas Gerais

Ver perfil do usuário http://canarilcorrea.blogspot.com https://www.facebook.com/Luciano Corrêa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso VAMOS FALAR A RESPEITO DO TIMBRADO ESPANHOL.

Mensagem por DAVI COUTINHO em Sab 14 Jan 2017, 01:25

Boa noite Luciano e amigos do Universo dos Canários!

Muito bom Luciano, as experiências é que consolidam o conhecimento. Destas experiências certamente você tirará conclusões que serão importantes para o manejo da sua criação. E para reconhecer os melhores raçadores, nada como deixar genética trabalhar. O encarte pode mascarar o trabalho de melhoria do canto.
Boa sorte!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
DAVI COUTINHO
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1179
Pontos : 1378
Idade : 63
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Vamos falar à respeito dos Timbrados Espanhóis.

Mensagem por MauricioJr em Qua 01 Fev 2017, 21:15

MauricioJr escreveu:

Ano que vem, no Mundial Organizado pela COM, serao votadas uma serie de propostas para mudar as regras de julgamento do Timbrado Espanhol. 

Vamos ter  que esperar ate janeiro para falarmos sobre Timbrado Espanhol e, talvez,  Timbrado Floreado e , quem sabe, sobre o Canario de Canto Espanhol. Vai ser interessante acompanhar como a COM vai desenrolar esse novelo. (ou talvez enrolar ainda mais)

>>>...



Ola Pessoal,

Voltando ao assunto Timbrado Espanhol, neste ultimo mundial COM celebrado em janeiro de 2017, haviam duas propostas:

1_ Dividir o Timbrado Espanhol em duas categorias: Timbrado Espanhol Classico e Timbrado Espanhol Floreado. Cada qual com sua propria planilha de julgamento. _Essa proposta parece que nao obteve os votos necessarios e o julgamento atual do Timbrado Espanhol nao sofreu nenhuma alteracao.

2_Aqui a grande novidade: O Canario de Canto Descontinuo finalmente sai debaixo das asas do Timbrado Espanhol para se tornar a quarta raca de canto reconhecida internacionalmente pela COM/OMJ como Canario de Canto Espanhol ou Cantor Espanhol.

Maiores informacoes: 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


>>>...
avatar
MauricioJr
Membro do Fórum
Membro do Fórum


Masculino USA
Mensagens : 242
Pontos : 282
Idade : 49
CLUBE : Floreos Y Compuestas
CIDADE/CITY : Philadelphia
ESTADO/PROVÍNCIA : PA - USA

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso VAMOS FALAR A RESPEITO DO TIMBRADO ESPANHOL.

Mensagem por DAVI COUTINHO em Qui 02 Fev 2017, 02:05

Boa noite Maurício e amigos do Universo dos Canários!

Muito acertada esta decisão do pessoal da COM em relação ao reconhecimento do timbrado espanhol de canto discontínuo sob a nomenclatura de Canário de Canto Espanhol. Desta forma o divórcio está feito, e não temos mais o que discutir, quem gosta do canário de canto contínuo vai prosseguir criando o timbrado espanhol antigo, e quem gosta do canto mais metálico, descontínuo e cadenciado, cria o canário de canto espanhol. Assim cada um aperfeiçoa suas linhagens sem conflitos, ou debates infrutíferos, que em nada acrescenta ao espírito do nosso hooby, cujo princípio fundamental, é o respeito à diversidade e o gosto de cada um. 

O melhor agora, é que tendo planilhas de julgamento separadas e diferentes, com os giros próprios de cada raça, os criadores podem e devem focar mais ainda no desenvolvimento das aptidões e potencialidades de cada uma das raças que agora, oficialmente, seguem caminhos diferentes. Digo oficialmente, porque na prática já era um fato, visto que, pelo que temos documentado, desde que se iniciou o trabalho para selecionar um canário de canto de padrão espanhol já surgiu o que seria o embrião da raça que ora segue os caminhos do reconhecimento internacional, e até então havia sido motivo de discórdia, como tenho visto em vários artigos sobre a matéria.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
DAVI COUTINHO
CONSULTOR GERAL
CONSULTOR GERAL


Masculino BRASIL
Mensagens : 1179
Pontos : 1378
Idade : 63
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum