O Canário Isabelino.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Botão em Curso O Canário Isabelino.

Mensagem por MARTÍN em Ter 30 Jun 2015, 22:28

O CANÁRIO ISABELINO.


Texto traduzido pelo google


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Este tipo de amostra não é de uma mutação de pleno direito, mas a combinação de o que dá origem a mais de bruno levando a ágata, o que significa que o fenômeno "crossingover" coincidiu na mesma edição.
A melanina desenho estes espécimes, deve ser exatamente o mesmo que as ágatas, mas marrom escuro, mas preferências canaricultores em todo o mundo, levou à seleção de indivíduos, ao invés de ter todas as características de ágata, o desenho melanina tão clara quanto possível, sem perder a sua nitidez, esta é a razão pela qual o "padrão" foi estabelecida a este respeito.
Para resumir: a imagem deve ser afiada e contrastados suma cor, que é muito clara e marrom deve ser apreciada lipocromo limpar a parte de trás entre as costelas.
Como em ágatas, as estrias são estreitas e curtas, a melanina começar a desenhar alguns milímetros por trás do nascimento do pico, você também deve ver uma área ao redor dos olhos sem pigmentos de melanina onde lipocromo ser apreciados limpo.
O bico, pernas, dedos e unhas deve ser de cor "carne", isto é cor de rosa, sendo melhores exemplares que apresentam uma cor mais clara.
Os olhos são sempre mais leve do que outros tipos, apreciando a luz solar que são ligeiramente rosa ou acíanicos.
O subplumaje ser castanho claro.
As principais deficiências desta variedade são; a presença de feomelanina, o excesso de oxidação (que se manifesta por um lipocromo incrustação geral no peito e nas costas, como resultado do excesso espalhados eumelanin marrom), desenho dorsal ininterrupta e marrom escuro, o início do desenho melanina a própria base do pico ea falta de sobrancelhas.

1. ISABELINO AMARELO


Devido à forte diluição destes espécimes, muito pouco a quantidade de eumelanina marrom dispersos, de modo que o fundo amarelo lipocromo deve aparecer limpo e bem apreciada entre o padrão de melanina, contrastando bem.
O defeito mais pronunciada desta variedade é a tendência para o vermelho, para saber se o acusado é desqualificante.

2. ISABELINO VERMELHO


Lipocromo cor vermelha aparece uniforme e brilhante e não deve ser vista diferentes tons
Como em todas as instâncias de base vermelha a falha mais importante é a presença de penas pigmentadas ou completamente amarelos mal e excesso de pigmentação, que se manifesta por um tom acastanhado e sem brilho.

3. ISABELINO PRATEADO DOMINANTE


Nestes exemplos, devido à ausência parcial de lipocromo, o desenho melanina é muito leve tonalidade marrom, está no fundo branco perfeitamente e pode ser visto em toda a sua beleza as estrias, bares e marcações que deve ser simétrico e harmonioso .
O padrão característico desta variedade é muito amarelo, especialmente nos ombros e na borda superior das penas de vôo, o lipocromo nestas amostras estão marcados de acordo com a quantidade de detritos amarelo para ser apreciado, obtendo maior pontuação essas cópias em que nada é impossível para apreciá-los e o lote mínimo aqueles amarelo. Se esta escala tendem a vermelho, ele será punido exemplar, levando à desqualificação se eles são muito vermelho.
Estas cópias como "prata" são dadas a maior pontuação na "categoria"

4. ISABELINO PRATEADO RECESSIVO


Esta amostra é igual a Isabella prata aparência dominante, mas com a excepção de que a ausência de lipocromo é completa, não o assim absolutamente apresentar qualquer tipo de gordura incorporação até mesmo ser colorido cobrindo-os, assim cor a pele desses exemplar é azulada.
Eles penalizar o lipocromo sobre aqueles indivíduos que não limpar um Fundo de prata apreciar, eles serão atribuídos a pontuação máxima na categoria de "prateado"

5. ISABELINO AMARELO MARFIM


Estas amostras diferem apenas amarelo Isabela, no tom, serem muito mais leves (cor de palha), primeiro a mutação do Marfim também produz uma plumagem longa, lisa e compactada.

6. ISABELINO VERMELHO MARFIM

O lipocromo destes espécimes, devido à acção do marfim, cor-de-rosa pálido é a cor uniforme e brilhante. Elas são válidas, também aqui, os mesmos defeitos alvejados em todas as instâncias do fundo de cor vermelha.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

ISABELINOS E SUAS MELANINAS


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3175
Pontos : 4780
Idade : 39
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://universodoscanario.wixsite.com/criadourouniverso/inicio https://www.facebook.com/criadouro.universo https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/ fabio-martin@hotmail.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: O Canário Isabelino.

Mensagem por Paulo Whelliton em Ter 30 Jun 2015, 23:06

Show esse artigo e as fotos ajudam muito o entendimento...  Obrigado
avatar
Paulo Whelliton
Membro
Membro


Masculino BRASIL
Mensagens : 99
Pontos : 115
Idade : 53
CIDADE/CITY : são paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : sp

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum