Agapornis – Guia Completo de Criação e Reprodução com Fotos.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Botão em Curso Agapornis – Guia Completo de Criação e Reprodução com Fotos.

Mensagem por MARTÍN em Sex 08 Ago 2014, 16:43

A palavra “Agapornis” vem do grego e significa “Pássaro do Amor”, isto se deve ao fato de sempre viverem aos pares e de geralmente formarem casais para a vida inteira. Existem nove espécies de Agapornis, sendo: Roseicollis, Fischer, Personata, Nigrigenis, Pullaria, Lilianae, Taranta, Cana e Swinderniana, sendo os quatro primeiros os mais comuns de serem encontrados, especialmente os Agapornis Roseicollis. Os cuidados básicos servem para todas as espécies! Algumas pessoas conhecem estas aves como “pássaro Agapone” ou “pássaro Argapone”, porém o correto é Agapornis. Recentemente lançamos nosso guia completo sobre a criação e reprodução do Agapornis, vale a pena dar uma boa lida. Vamos então saber mais sobre a criação de Agapornis!

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DO PÁSSARO AGAPORNIS

Os pássaros Agapornis medem entre 15 a 17 cm e não apresentam diferenças sexuais entre machos e fêmeas, o que dificulta a formação de casais. Vivem muito bem em gaiolas coletivas ou viveiros, desde que tenham apenas outros Agapornis, pois eles são um pouco territorialistas e agressivos com outras espécies. São pássaros muito alegres, brincalhões e barulhentos, e se forem criadas desde cedo ficarão mansos e se acostumarão a ficar no dedo dos donos.

ALIMENTAÇÃO DE UMA CRIAÇÃO DE AGAPORNIS

A alimentação de uma criação de Agapornis basicamente é a mesma do Periquito Australiano, ou seja, é composta por sementes como alpiste e painço. Na época da reprodução devemos reforçar a presença de cálcio na alimentação, seja adicionando na água dos bebedouros ou colocando um Osso de Siba para os pássaros. Devemos oferecer verduras, legumes e frutas, como couve, almeirão, jiló, maça, cenoura entre outros. A água dos bebedouros de pássaros deve ser trocada diariamente, evitando o acumulo de lodo e alga nas vasilhas, sem falar que a água deve ser pura e fresca.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O ACASALAMENTO NA CRIAÇÃO DE AGAPORNIS:

Depois de formado os casais, devemos fornecer um ninho de madeira para Agapornis que é encontrado facilmente em Pet Shops ou lojas de produtos agropecuários. Alguns criadores preferem utilizar o ninho para Calopsita, pois eles são maiores e mais espaçosos para os filhotes, especialmente quando eles já estão crescidos. Deve ser fornecido material para que eles possam fazer o ninho, podendo ser palha seca de milho, fibras de coco, capim macio ou folhas de coqueiro. As fêmeas botam de 3 a 7 ovos e os filhotes nascem com cerca de 22 a 24 dias. Os filhotes ficam independentes com cerca de 2 meses de idade e devem ser separados para que os pais possam iniciar uma nova postura, caso você queira iniciar uma nova criação de Agapornis. Vale destacar que eles se reproduzem com muita facilidade, e é comum que a fêmea de Agapornis comece uma nova postura com os filhotes ainda no ninho.

As gaiolas para reprodução de Agapornis devem ter cerca de 80cm x 50cm x 50cm para cada casal. A criação de Agapornis também pode ser feita em viveiros comunitários para pássaros, sendo que neste caso você deverá ter mais ninhos do que a quantidade de casais, evitando assim brigas pelos melhores ninhos. Se você tem algo que gostaria de acrescentar no texto é só deixar um comentário.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

MANUTENÇÃO DIÁRIA NA CRIAÇÃO DE AGAPORNIS:

Caso a sua criação de Agapornis seja feita em gaiolas, você deverá limpá-las diariamente, trocando o forro sempre que ele ficar sujo. É muito importante limpar os bebedouros, removendo qualquer tipo de sujeira que possa ficar. As formas mais comuns de doenças de pássaros são transmitidas através da água, esse simples cuidado manterá suas aves com muito mais saúde.




Agapornis são ativos, alegres e muito bonitos. Estes pequenos “Papagaios de bolso” são muito intrigantes! O Agapornis vêm das regiões mais secas da África. Devido ao fatos deles terem evoluído a partir de um ambiente muito duro, eles são muito adequados para serem pássaros de estimação. Estes pequenos, charmosos, brilhantes e coloridos animais de estimação não só têm uma grande disposição, mas também são muito resistentes e fáceis de cuidar. Eles também serão bem fáceis de se reproduzir em cativeiro, sendo comumente chamado de pássaro do amor.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Na natureza os Agapornis vivem em bandos. Eles, muitas vezes, formam um vínculo com um companheiro que se estende para toda a vida, mostrando uma grande lealdade e carinho com sua família. Se você demonstrar afeto com seus Agapornis, receberá a mesma lealdade de seus amiguinhos. Eles são muito sociais, seja com os donos ou então com outros Agapornis.

As recompensas de ter um único Agapornis pode ser surpreendente. O espírito incrivelmente determinado de um Agapornis de estimação poderá superar o de outros pequenos papagaios, tanto pela sua capacidade de aprender novos truques quanto a de mostrar afeto. Mas por causa de sua forte devoção, um Agapornes mantido isoladamente exigirá enormes quantidades de tempo e carinho de seu dono, a fim de prosperar e ter uma vida saudável, por isso é sempre interessante manter pelo menos 2 pássaros juntos.

O pássaro Agapornis também não vai mudar facilmente a sua lealdade de um companheiro para outro, seja este companheiro um outro pássaro ou um ser humano. Por outro lado, se eles não forem muito ligados aos donos, eles não vão aprender um monte de truques ou precisar de um monte de manuseios e cuidados, ou seja, serão bastante independentes.

Se você simplesmente quer aproveitar as palhaçadas e brincadeiras desses pequenos pássaros coloridos, compre dois para se manter em uma boa gaiola. Ou você pode ter espaço em sua casa para mante-los em um viveiro para Agapornis. Os Agapornis são muito chamativos, e são aves maravilhosas para se observar e desfrutar.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

DISTRIBUIÇÃO DO AGAPORNIS

Existem nove espécies de Agapornis e todas elas são nativas do continente Africano, exceto uma. A exceção é o Agapornis Cana que vem da ilha de Madagascar. A maioria dos Agapornis vivem perto da linha do equador, onde habitam regiões de savana seca, contudo também temos uma exceção, o Agapornis Swinderniana, ele vive em florestas, porém está em vias de ser extinto.

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS DO AGAPORNIS

O Agapornes é um papagaio pequeno e atarracado, medindo cerca de 13 a 17 cm. Eles têm um grande bico e uma cauda que pode ser redonda ou quadrada. Sua expectativa de vida é entre 10 a 12 anos, e alguns conseguem viver mais do que isso. Existem registro de Agapornis com 17 anos e várias pessoas já relataram aves que viveram mais tempo do que isso, chegando até aos 25 anos!

As diferentes espécies de Agapornis são identificáveis ​​por suas cores e marcas. Eles variam grandemente na sua coloração, e cada espécie tem as suas combinações únicas de cores. Aves mais jovens tem cores menos brilhantes e possuem a cor preta em seus bicos. A coloração das jovens aves se intensifica à medida que atingem a maturidade. Independentemente da espécie, Agapornis adultos são papagaios lindos.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Três das nove espécies de Agapornis são mais comumente disponíveis como animais de estimação. As outras seis são mais raras e, em alguns casos, não são encontradas, pelo menos no Brasil. As três espécies mais comuns de Agapornis são o Roseicollis, o Personata e o Fischeri, e os três são capazes de ser animais de estimação maravilhosos. Há uma variedade de mutações de cor nos Agapornis, desenvolvido a partir destas três espécies. Isto é especialmente verdadeiro para o Agapornis Roseicollis, que pode ser encontrado em centenas de combinações diferentes de mutações. Como resultado, há muitas novas cores Agapornis disponíveis.

Uma grande variedade de Agaponis pode ser encontrado na indústria de Pet Shops e de criadores. Algumas mutações de Agaponis que estão normalmente disponíveis incluem:

Agapornis Roseicollis
Agapornis Personata
Agapornis Fischeri
Agapornis Taranta
Agapornis Nigrigenis
Agapornis Swinderniana
Agapornis Cana
Agapornis Lilianae
Agapornis Pullaria

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

CUIDADOS COM A ALIMENTAÇÃO DO AGAPORNIS

Na natureza, a comida dos Agapornis é composta por sementes, frutas, grãos, ervas, brotos de folhas, e de culturas agrícolas de cevada, milho e figos. As vasilhas para comida e água, de preferência, devem ser de barro, alumínio ou porcelana, pois se forem de plástico ou madeira eles irão roer tudo.

ALIMENTOS PARA O AGAPORNIS

A alimentação para Agapornis de estimação inclui boas rações formuladas, sejam as peletizadas ou extrusadas, dietas somente a base de sementes ou então misturas de sementes próprias para pequenos papagaios, sendo que esta última oferece um pouco de ambas. Há prós e contras em alimentar seu Agapornis apenas com rações ou apenas com sementes.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

RAÇÃO PELETIZADA OU EXTRUSADA PARA AGAPORNIS

Uma boa ração peletizada ou extrusada será uma boa fonte de nutrientes, portanto, não requerem a complementação da alimentação com vitaminas. No entanto, não contêm os fitonutrientes, que são pigmentos antioxidantes encontrados em vegetais, frutas, grãos e sementes. Acredita-se que os fitonutrientes estimulem o sistema imunológico, ajudando um corpo a se curar e também prevenir certas doenças. Além disso, os Agapornes podem ficar entediados se comerem apenas a ração, devido à falta de variedade.

SEMENTES PARA AGAPORNIS

Uma dieta a base de uma boa mistura de sementes irá oferecer muito mais variedade, mas requer suplementação adicional de cálcio e de vitaminas. Os Agapornis não precisam apenas que suas necessidades nutricionais sejam atendidas, mas também de variedade durante a alimentação, de forma a enriquecimento seu lado psicológico e não ficarem entediados.

Uma alimentação composta de uma mistura de sementes para pequenos papagaios, juntamente com uma variedade de complementos é geralmente considerada adequada. Uma ração extrusada, juntamente com verduras, frutas, vegetais e suplementos, mas sem uso de vitaminas adicionais, também é considerada como adequada, e é uma tendência mais atual.

COMPLEMENTOS ALIMENTARES PARA O AGAPORNIS

Complementos alimentares para Agapornis incluem vegetais frescos, verduras, legumes e galhos de árvores para ele descascar. Algumas frutas para Agapornis incluem bagas, maçãs, uvas, peras, bananas e kiwi. Algumas das verduras para Agapornis incluem espinafre, rúcula, agrião, couve, rabanete, salsa, mostarda, folhas de cenoura, milho verde, ervilha e escarola. Proteínas adicionais podem ser oferecidos, tais como nozes. Tente alguns amendoins sem casca, bem como avelãs, nozes, castanha do Pará e sementes de girassol, mas sem excesso, pois elas tem altos índices de gordura.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

O osso de siba, areia grossa ou farinha de ostra pode ser oferecida em uma vasilha separada, de forma a fornecer uma boa suplementação de cálcio, especialmente na época de reprodução dos Agapornis. Não alimente seu pássaro com abacate, pois ele pode ser tóxico! As vitaminas para Agapornis podem ser adicionados na comida ou então no pote de água potável.

ÁGUA PARA O AGAPORNIS

O pássaro Agapornis bebe muita água, por isso eles precisam de água potável e fresca todos os dias.

BANHOS PARA O AGAPORNIS

A maioria dos Agapornis adoram tomar um bom banho, seja colocando uma banheira em sua gaiola, ou então pulverizando água neles. Se você usar uma banheira para pássaros, poderá ver os Agapornis pousando na beirada e mergulhando a cabeça e a parte superior do corpo na água, além de ficar batendo suas asas. Eles preferem tomar este tipo de banho do que entrar na água.

OUTROS CUIDADOS COM O AGAPORNIS

Os Agapornis geralmente mantem suas unhas e bicos aparados por conta própria, utilizando-se da escalada e mastigação. Eles também usam os galhos de árvores para este propósito.

GAIOLAS E ACESSÓRIOS PARA AGAPORNIS

Os Agapornis são aves muito ativas. Quando for comprar a casinha do seu pássaro, escolha gaiolas ou um bom viveiro para Agapornis, que seja o mais adequado possível para eles, ou seja, que forneça uma grande quantidade de espaço.

GAIOLAS PARA AGAPORNIS

Uma boa gaiola para Agapornis deve ter no mínimo 80cm x 50cm x 50cm, isso para dois pássaros. Também é recomendado que ela tenha cerca de quatro poleiros, vasilhas para alimentos e água, e também um local para colocar a banheira. Se você estiver usando uma gaiola pequena, você deve deixar seu animal de estimação voar diariamente em um local aberto, desde que, logicamente, ele seja manso e o local seja seguro.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

POLEIROS PARA GAIOLAS DE AGAPORNIS

Coloque 1 ou 2 poleiros com cerca de 2cm de diâmetro, e nas laterais destes poleiros coloque as vasilhas menores para comida, água e areia penduradas. Tente colocar os poleiros afastados dos pratos de comida e água que ficarem no chão da gaiola, de forma que eles não fiquem sujos com os excrementos dos pássaros. Não use plástico, porque o seu Agapornes vai mastigar e quebrar os potes, e isto pode ser perigoso. Galhos de árvores de tamanho similar podem ser bons poleiros, e irá ajudar o pássaro a ficar com as garras naturalmente para baixo. Os outros poleiros devem ficar em um local que não atrapalhe os pássaros a voarem na gaiola.

ABRIGO E NINHO DE AGAPORNIS

O pássaro do amor adora locais de descanso especiais. Locais que sirvam de abrigo e esconderijo, como por exemplo os ninhos de Agapornis, desde que sejam colocados no alto, ficando todos no mesmo nível e sendo feitos do mesmo material, será muito apreciado pelos casais de sua criação.

VIVEIRO PARA AGAPORNIS

Um viveiro espaçoso no interior de sua casa ou um viveiro para Agapornis ao ar livre são ótimas escolhas. O viveiro irá precisar de muita luz e ar fresco. O viveiro exterior precisa ter um abrigo protegido, e dependendo da sua disponibilidade financeira, tal abrigo pode ser aquecido e resfriado, se for necessário. Para que o Agapornis possa fazer pequenos voos, o tamanho recomendado dos viveiros são de no mínimo 183cm x 183cm x 91cm, com alguns poleiros ou galhos de árvores.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

MANUTENÇÃO DO AGAPORNIS

Os cuidados diários são importantes para a saúde do seu Agapornis, sendo recomendado manter as gaiolas, viveiros, brinquedos e acessórios limpos e em bom estado. O cuidado diário com a gaiola de Agapornis inclui a limpeza das vasilhas de água e comida, além da troca destes alimentos. Semanalmente você pode dar uma limpada na gaiola e até desinfetar. Lave e seque completamente os poleiros e brinquedos, sempre que eles ficarem sujos. No viveiro, os pisos de areia devem ser completamente renovados anualmente.

COMPORTAMENTOS SOCIAIS DO AGAPORNIS

Os Agapornis de estimação, assim como na natureza, são aves muito sociais. Em geral, e na maioria dos casos, pensa-se ser essencial para a boa saúde e alegria deste pássaros que eles sejam mantidos em pares, e não isoladamente. Se você tiver um único Agapornis, você deve fornecer a necessária interação social que está faltando devido a não ter o outro pássaro. Estas aves desenvolvem uma forte lealdade com seu detentor ou seu companheiro.

Além do caráter social com você ou com um companheiro, os Agapornis podem ser extremamente agressivos com outros pássaros. Você deve ter certeza de que todos os casais consigam conviver juntos, e que eles são verdadeiros “casais”, e não estejam incompatíveis ou brigando. Casais verdadeiros ficam muito ligados uns aos outros, e irão alimentar o parceiro durante a temporada de reprodução e por todo o restante do ano.

Estes pequenos pássaros conversam muito durante todo o dia, porém eles vão se esconder em seu ninho, especialmente se forem surpreendidos por um barulho estranho, se avistarem um predador em potencial, ou se estiver muito frio ou ventando em excesso.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

MANUSEIO E TREINAMENTO DO AGAPORNIS

O treinamento de um Agapornes será mais fácil de ser realizado com uma ave jovem. Para ter um Agapornis manso, é aconselhável trabalhar com um único pássaro de cada vez. As aves jovens têm uma incrível capacidade para aprender truques e de ser carinhosas. Pássaros adultos, por outro lado, são muito difíceis de amansar e, geralmente, não vão aprender um monte de truques ou imitar comportamentos. Agapornis criados à mão são mais fáceis de trabalhar e treinar. Eles já estão bem socializados e mansos, mas infelizmente, nem sempre estão disponíveis com facilidade.

Amansar um Agapornis envolve aceitação e confiança entre você e seu pássaro. Isso significa gastar muito tempo diariamente com seu animal de estimação. Comece falando baixinho e fazendo movimentos lentos. Uma vez que seu pássaro esteja confortável com você, então você pode começar a amansá-lo para que ele fique em sua mão. Use um poleiro e empurre-o suavemente contra a parte de baixo do peito do seu Agapornis, de forma que ele suba no poleiro. Você pode oferecer uma recompensa, como uma semente de girassol, para persuadi-la a subir. Isso pode demorar muito tempo e diversas tentativas. Uma vez que ele se sente confortável em subir no pequeno poleiro, substitua-o pelo seu dedo. Os Agapornis não são considerados um dos melhores papagaios para falar, e apenas alguns podem aprender poucas palavras.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

ATIVIDADES PARA O AGAPORNIS

Os Agapornis acordam bem cedinho, tomam um gole de água, comem e, em seguida, começam imediatamente a cantar. Eles geralmente se acalmam no meio da manhã e retomam com sua cantoria no final da tarde. Estes pássaros são muito ativos, voam e escalam as coisas, roem madeira ou brinquedos feitos para mastigar, e ficam arrumando as penas várias vezes durante todo o dia. Eles adoram brinquedos de todos os tipos, tais como barras de sementes, balanços, escadas, espelhos, objetos brilhantes, e madeira para roer. Um Agapornis fora de sua gaiola não vai ficar no seu cercadinho, eles gostam de explorar o local. Certifique-se que o local aonde ele fique solta seja segura, sem portas ou janelas abertas, sem plantas tóxicas, sem recipientes grandes e abertos cheios de água, e nenhum fogão ligado.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

CRIANDO E REPRODUZINDO O AGAPORNIS

Um dos prazeres da criação de Agapornis é que eles são fáceis de reproduzir. Para a reprodução de Agapornis em viveiros, cada casal de pássaros vai precisar de 2 ninhos para dormir e acasalar. Estes ninhos precisam ser do mesmo tipo e tamanho, e colocado à mesma altura na mesma parede, caso contrário poderá acontecer brigas entre os casais.

REPRODUZINDO O AGAPORNIS

Os Agapornis se reproduzirão facilmente em gaiolas individuais e algumas espécies podem ser criados em viveiros ou colônias, como por exemplo os Agapornis Roseicollis e os Fischeri.

IDADE IDEAL PARA ACASALAR OS AGAPORNIS

O Agapornis precisa ter, pelo menos, 10 meses de idade para poder acasalar, apesar de que com 12 a 13 meses de vida ser considerado o ideal. Vale lembrar que os pássaros que tenham de 5 a 6 anos, ou mais velhos, devem ser retirados do processo de reprodução.

IDENTIFICANDO O SEXO DOS AGAPORNIS

Algumas características visuais que podem ajudar na determinação do sexo dos Agapornis é que a fêmea tem o corpo mais pesado do que o macho, e ela fica com as pernas mais afastadas, enquanto os machos ficam mais retos. A cauda da Agapornis fêmea tem a aparência mais quadrada, enquanto a de um macho vai aparecer mais arredondada. Ao observar o comportamento de acasalamento, a fêmea vai fazer a maior parte do trabalho de construção do ninho.

Uma inspeção na região da cloaca poderá ser feita, mas para isso precisa-se ter uma boa experiência na sexagem destas aves, de forma a ter uma boa chance de determinar o sexo dos Agapornis. Basicamente, existem dois ossos na pelve da fêmea que são mais afastados do que os do macho.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

TEMOS 3 CATEGORIAS DE DIFERENÇAS SEXUAIS ENTRE OS AGAPORNIS

AGAPORNIS COM DIFERENÇAS VISUAIS CLARAS ENTRE MACHOS E FÊMEAS

O primeiro grupo de Agapornis tem a sua aparência externa diferente entre machos e fêmeas, sendo composto pelos Agapornis Taranta, Agapornis Cana e Agapornis Pullaria

AGAPORNIS COM ALGUMAS DIFERENÇAS VISUAIS ENTRE MACHOS E FÊMEAS

O segundo grupo são mais difíceis de diferenciar olhando somente para a aparência externa. Os Agapornis Roseicollis e Swinderniana fazem parte deste grupo.

AGAPORNIS QUE NÃO TEM DIFERENÇAS VISUAIS ENTRE MACHOS E FÊMEAS

No terceiro grupo, o dos Agapornes que tem o anel ocular branco, não existem diferenças visuais claras entre machos e fêmeas. A sexagem neste caso pode ser feita através de exames veterinários ou mais facilmente pelo teste de DNA, onde geralmente uma amostra de sangue ou de penas são enviadas para ser diagnosticada num laboratório. Tal exame é muito barato e fácil de ser feito, custando algo em torno de R$15,00. Neste grupo temos os Agapornis Personata, Fischeri, Lilianae e Nigrigenis.

AMBIENTE DE CRIAÇÃO DO AGAPORNIS

Se você está criando Agapornis em um viveiro, é muito importante fornecer muitos mais ninhos do que a quantidade de casais que você tenha, isso irá diminuir os brigas. Os ninhos para Agapornis devem ser todos do mesmo tamanho e material, além de serem colocados na mesma altura. Além disso, procure vigiar se estão acontecendo lutas, pois elas podem levar à morte. Um bom tamanho de ninhos de Agapornis pode ser 20cm x 20cm x 20cm ou então 25cm x 15cm x 15cm.

POSTURA DE OVOS E FILHOTES DE AGAPORNIS

A fêmea irá botar cerca de 5 ovos em cada postura, embora possa ser capaz de chocar de 3 a até 8 ovos em cada ninhada. O período de incubação é de 22 a 25 dias, e normalmente todos os ovos irão nascer. A fêmea de Agapornis normalmente irá começar a chocar após o 2º ou 3º ovo ser posto. Muitas vezes, o macho irá juntar-se a fêmea no ninho. Os filhotes de Agapornis começam a sair do ninho em cerca de 38 a 50 dias, e ficam completamente independentes cerca de 2 semanas após deixar o ninho.

POTENCIAIS PROBLEMAS DA CRIAÇÃO DE AGAPORNIS

Agapornis com dor ou incomodados podem apresentar alguns dos seguintes sinais, que podem representar uma doença, como por exemplo se o pássaro parece estar arredio ou procura ficar escondido, suas penas estão eriçadas e a plumagem não apresenta brilho, ele fica com os olhos fechados, lacrimejando ou tristes, nariz escorrendo, dorme muito, ele perde interesse em seu ambiente, e ele permanece todo fechado, como se estivesse dormindo. As fezes podem mudar de cor ou então ficar com diarreia, se saudável, as fezes devem ser brancas acinzentadas e não devem ser finas. Alguns outros sinais de doenças de Agapornis para ficar de olho são o rabo balançando constantemente, se ele ficar caindo do poleiro, respiração estranha, espirros e coçar em excesso.

Algumas das doenças mais comuns de Agapornis, que seu pássaro poderá ter, são os ferimentos por conta de brigas, problemas de crescimento anormal do bico e das penas, infecção pelo vírus Polioma, infecções por fungos, infecção pelo vírus da Bouba, infecções bacterianas, parasitas internos, ácaros, carrapatos, ovo atravessado, gripe intestinal, coccidiose, doenças respiratórias e diarreia. Um Agapornis doente deve ser levado para um veterinário de aves para o correto diagnóstico e tratamento.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

AONDE COMPRAR AGAPORNIS

Os tipos mais comuns e disponíveis de Agapornis para venda são o Roseicollis, os Personatas e os Fischeri. Existem muitas mutações de Agapornis que são lindas e que foram desenvolvidos a partir destes três grupos de aves, e tais mutações também podem ser facilmente encontradas. Muitas outras espécies e cores de Agapornes estão disponíveis, mas não podem ser tão facilmente encontrado. Os Agapornis também são pequenos papagaios razoavelmente baratos para comprar e manter.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
MARTÍN
Administrador
Administrador


Masculino BRASIL
Mensagens : 3179
Pontos : 4784
Idade : 39
CLUBE : KC 286 - SORB
CIDADE/CITY : S. J. do Rio Preto
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário https://universodoscanario.wixsite.com/criadourouniverso/inicio https://www.facebook.com/criadouro.universo https://twitter.com/udoscanarios https://pinterest.com/universocanario/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Agapornis – Guia Completo de Criação e Reprodução com Fotos.

Mensagem por PAULO FERREIRA MACHADO em Dom 20 Mar 2016, 20:53

Boa noite.

     Retomando um tópico bem interessante.
avatar
PAULO FERREIRA MACHADO
Membro Ativo
Membro Ativo


Masculino BRASIL
Mensagens : 1099
Pontos : 1216
Idade : 54
CIDADE/CITY : S.J. DO RIO PRETO
ESTADO/PROVÍNCIA : SÃO PAULO

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso diferença entre Machos e fêmeas

Mensagem por jAugusto em Sex 03 Fev 2017, 15:33

Boa tarde amigo
parabéns pelo artigo
apenas complementando, algumas espécies como Taranta e Cana, apresentam diferenças Visiveis e evidentes entre Machos e fêmeas
avatar
jAugusto
Membro
Membro


Masculino OUTROS PAÍSES
Mensagens : 2
Pontos : 2
Idade : 53
CIDADE/CITY : ciudad del este
ESTADO/PROVÍNCIA : alto parana

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Agapornis – Guia Completo de Criação e Reprodução com Fotos.

Mensagem por jAugusto em Sex 03 Fev 2017, 15:51

desculpa amigo, só depois lendo todo o post vi que faz referência ás epécies que apresentam dimorfismo sexual
avatar
jAugusto
Membro
Membro


Masculino OUTROS PAÍSES
Mensagens : 2
Pontos : 2
Idade : 53
CIDADE/CITY : ciudad del este
ESTADO/PROVÍNCIA : alto parana

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Agapornis – Guia Completo de Criação e Reprodução com Fotos.

Mensagem por Fatima em Dom 28 Maio 2017, 06:48

Parabéns pelo artigo. Adquiri agora dois bebês, que estão na papinha e eu gostaria de saber com quantos meses devemos introduzir as frutas e verduras? Eles estão com 2 meses e meio.
avatar
Fatima
Sou Novo no Fórum
Sou Novo no Fórum


Feminino BRASIL
Mensagens : 1
Pontos : 1
Idade : 41
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Agapornis – Guia Completo de Criação e Reprodução com Fotos.

Mensagem por Ricardo Ronsini em Dom 28 Maio 2017, 18:56

Fátima, eles já estão na idade de começarem a comer alimentos sólidos, então você já pode ir introduzindo sementes frutas e verduras. Das frutas eles gostam bastante de maçã, quanto mais doce e madura melhor, e das verduras eles apreciam couve, no início pode ser que rejeitem, então é necessário insistir um pouco.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Antes de iniciar um tópico ou começar sua participação em nosso fórum, pedimos que leia:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Veja os [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Como Postar[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.];
 
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
 

avatar
Ricardo Ronsini
MODERADOR
MODERADOR


Masculino BRASIL
Mensagens : 415
Pontos : 513
Idade : 24
CIDADE/CITY : São Paulo
ESTADO/PROVÍNCIA : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Agapornis – Guia Completo de Criação e Reprodução com Fotos.

Mensagem por ivanildo tavares em Sex 02 Jun 2017, 16:31

olá amigo, parabéns pela reportagem sobre os agapornís, simples em sua maneira de esplicar e facil de se entender. grato.
avatar
ivanildo tavares
Sou Novo no Fórum
Sou Novo no Fórum


Masculino BRASIL
Mensagens : 1
Pontos : 1
Idade : 48
CIDADE/CITY : PERUÍBE
ESTADO/PROVÍNCIA : SP

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Botão em Curso Re: Agapornis – Guia Completo de Criação e Reprodução com Fotos.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum